.posts recentes

. Parabéns Rádio Comercial

. Lisboa...és só tu e eu|

. 77ª Feira do Livro

. Recordando...

. Ooopsssss...Alfacinha apa...

. Dia dos Namorados!

. ...

. Cantinhos Lisboetas

. Um poeta Alfacinha...

. Eu no Castelo de S.Jorge....

.arquivos

. Março 2014

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Sexta-feira, 23 de Abril de 2004

PORTUGAL ANTES DO 25 DE ABRIL

Se recuássemos vinte anos antes do 25 de Abril de 1974, não reconheceríamos Portugal. Não havia liberdade. Existia censura, a actividade política, associativa e sindical eram quase nulas e controladas pela polícia política. Havia presos políticos, a Constituição não garantia os direitos dos cidadãos, Portugal mantinha uma guerra colonial e encontrava-se praticamente isolado da comunidade internacional.

A informação e as formas de expressão cultural eram controladas, fazia-se uma censura prévia que abrangia a imprensa, o cinema, o teatro, as artes plásticas, a música e a escrita. Não havia liberdade.

A actividade política estava condicionada, não existiam eleições livres e a única organização política e aceite era a União Nacional / Acção Popular. A oposição ao regime era perseguida pela polícia política (PIDE/DGS) e tinha de agir na clandestinidade ou refugiar-se no exílio.

Os oposicionistas, sob acusação de pensarem e agirem contra a ideologia e práticas do Estado Novo, eram presos em cadeias e centros especiais e detenção. Não havia Liberdade nem Democracia.

A Constituição não garantia o direito dos cidadãos à educação, à saúde, ao trabalho, à habitação. Não existia o direito de reunião e de livre associação. As manifestações eram proíbidas.

Portugal estava envolvido na guerra colonial em Angola, na Guiné e em Moçambique, o que gerou protestos de milhares de jovens e se transformou num dos temas dominantes da oposição ao regime, com especial realce para os estudantes universitários. Não havia Liberdade nem Paz.

Hoje é difícil imaginar como era Portugal antes do 25 de Abril de 1974. Mas, se pensarmos que por exemplo, as Escolas tinham salas e recreios separados para rapazes e raparigas, que muitos livros e discos eram proíbidos, que existiam nas Rádios listas de música que não se podiam passar, que não havia acesso a muitas das coisas que hoje fazem parte do nosso dia-a-dia, e que sobre todos os rapazes de 18 anos pairava o espectro da Guerra, será mais fácil compreender porque é que a mudança teve de acontecer e como Portugal se tornou diferente.

http://educom.sce.fct.unl.pt
publicado por Nessy às 15:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds